Coisa de Mãe

Sindrome de Asperger

Oi gente!

Quero conversar com vocês hoje sobre A SÌNDROME DE ASPERGER.

Existem muitas definições: transtorno mental, autismo com bom funcionamento, transtorno do espectro autista, transtorno neurobiologico, transtorno global do desenvolvimento  etc….

Algumas características: dificuldades em interpretar e aprender as capacidades da interação social e emocional com os outros, dificuldades de sociabilização, QI acima dos índices normais, atos motores repetitivos, desinteresse de tudo que não relaciona-se com o hiperfoco de atenção, dificuldades na interação social e na comunicação não verbal, etc….

Bom eu tive um filho no ano 2000 ! Um bebe vermelho (quando chorava então..), grande, saudavel, sorridente !! O primeiro ano foi dificil eu trabalhava (fui quando ele tinha 3 meses, cruel!!) ele vivia doentinho, mas já era bem esperto, agitado. Ele foi amado desde sempre por mim, pelo pai, pela irmã, pela familia.

Durante seu crescimento estive bem ausente porque fui cursar a faculdade de enfermagem e trabalhava muito também (mãe, sempre se culpando!!).

Ele demorou para falar, mas era tão inteligente que conseguia quase tudo sozinho! Deixando ele fazia o proprio tetê!!(mamadeira).

Suas primeiras experiências escolares foram difíceis eu diria traumáticas!!! Eu demorei para notar: seu grande interesse em algumas coisas (ele sempre gostava de representar seus interesses com desenhos fazia uns mil bonecos de papel), e que ele não fazia amigos.

Foi só na fase escolar que ele me pediu ajuda de fato. Ele disse: Mãe eu preciso de ajuda porque não consigo mais viver nesse mundo, não entendo as pessoas!!

Fiquei uns dois anos procurando ajuda neste nosso país!! Triste a realidade aqui para quem não tem ”o poder” (dinheiro).

Felizmente encontrei pessoas incriveis, dispostas a realizar um trabalho maravilhoso!!!

Durou alguns anos ainda até que eu pudesse me desenvolver o sulficiente. Confesso que relutei bastante!!!!

Mas me capacitei enfim para ser a mãe do meu filho!! Ajudar ele a entender os tão famosos “porques”.

Mãe porque tenho que cortar as unhas, se elas crescem de novo?

Mãe porque tenho que arrumar a cama, desarrumo ela a noite de novo pra dormir?

Mãe porque preciso de tantas roupas e sapatos se só uso um de cada?

Mãe porque as pessoas fingem, enganam, maltratam, dizem que são uma coisa e são outra?

Mãe porque vc trabalha tanto e ganha tão pouco? Seu trabalho é tão especial!

Mãe porque tem gente tão rica e gente tão pobre?

Mãe porque a cor da pele é tão importante?

Mãe porque tanta gente no mesmo lugar?

Mãe porque tudo é tão rápido?

Sabe a maioria das perguntas eu também não sei ainda a resposta. Mas estamos juntos nessa e isso é tudo o que importa!!!

Espero que gostem

Um Beijo Enorme,

G

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *